Chico Xavier

Francisco Cândido Xavier (Pedro Leopoldo, 2 de abril de 1910 – Uberaba, 30 de junho de 2002), mais conhecido popularmente por Chico Xavier, foi um médium brasileiro e célebre divulgador do Espiritismo no Brasil.A mediunidade psicográfica de Xavier começou a engatinhar para novos caminhos quando fora descoberta por uma professora, de nome D. Rosália, que lia seus textos escritos após alguns passeios. A professora mostrava a amigos íntimos que, de forma unânime, concordavam entre si que os textos ou eram copiados ou eram de bons espíritos, já que a maioria falava sobre o amanhecer, por exemplo, com conclusões evangélicas.

É o médium psicográfico brasileiro mais importante da história, tendo publicado mais de 400 livros.

Nascimento

Nascido em Pedro Leopoldo, cidade do interior de Minas Gerais, era filho de Maria João de Deus e João Cândido Xavier. Educado na fé católica, Chico teve seu primeiro contato com a Doutrina Espírita em 1927, após fenômeno obessivo verificado com uma de suas irmãs. Passa então a estudar e a desenvolver sua mediunidade que, como relata em nota no livro Parnaso de Além-Túmulo, somente ganhou maior clareza em finais de 1931.

Infância

A mediunidade de Chico manifestou-se aos quatro anos de idade, quando ele respondeu ao pai sobre ciências, quando o pai conversava com uma senhora sobre gravidez. Ele via (clarididência) e ouvia (clariaudiência) os espíritos e conversava com eles. Aos 4 anos conversava com a mãe, já desencarnada. Na casa da madrinha, foi muito maltratado, chegando a levar uma garfada na barriga. Aos sete anos de idade, saiu da casa da madrinha para voltar a morar com o pai, já casado outra vez. Ele, para ajudar nas despesas da casa trabalhava e estudava em escola pública. Por conseqüência, dormia apenas sete horas por dia.

Psicografias

Alegoria que representa, segundo a ótica espírita, o médium Chico Xavier psicografando uma mensagem do Espírito de Emmanuel.

Chico Xavier psicografou quatrocentos e doze livros. Nunca admitiu ser o autor de nenhuma dessas obras. Reproduzia apenas o que os espíritos lhe ditavam Vendeu mais de 20 milhões de exemplares. Cedeu os direitos autorais para organizações espíritas e instituições de caridade, desde o primeiro livro.

Suas obras são publicadas pelo Centro Espírita União, Casa Editora O Clarim, Edicel, Federação Espírita Brasileira, Federação Espírita do Estado de São Paulo, Federação Paulista do Rio Grande do Sul, Fundação Marieta Gaio, Grupo Espírita Emmanuel s/c Editora, Comunhão Espírita Cristã, Instituto de Difusão Espírita, Instituto de Divulgação Espírita André Luiz, Livraria Allan Kardec Editora, Editora Pensamento e União Espírita Mineira.

Seu primeiro livro, Parnaso de Além-Túmulo, com 256 poemas atribuídos a poetas mortos, entre eles os portugueses João de Deus, Antero de Quental e Guerra Junqueiro, e os brasileiros Olavo Bilac, Cruz e Souza e Augusto dos Anjos, foi publicado pela primeira vez em 1932. O livro causou muita polêmica entre os descrentes. O de maior tiragem foi Nosso Lar, com cerca de milhão e trezentas mil cópias vendidas, atribuído ao espírito André Luiz, primeiro volume da coleção que leva o nome deste. Em parceria com o médico mineiro Waldo Vieira psicografou 17 obras.

Uma de suas psicografias mais famosas, e que teve repercussão mundial, foi a do caso de Goiânia em que José Divino Nunes, acusado de matar o melhor amigo, Maurício Henriques, foi inocentado pelo juiz que aceitou como prova válida (entre outras que também foram apresentadas pela defesa) um depoimento da própria vítima, já falecida, através de texto psicografado por Chico Xavier. O caso aconteceu em outubro de 1979, na cidade de Goiânia, Goiás. Assim, o presumido espírito de “Maurício” teria inocentado o amigo dizendo que tudo não teria passado de um acidente.

Obras assistenciais

Chico é lembrado principalmente por suas obras assistenciais em Uberaba, cidade onde faleceu em Julho de 2002. Nos anos 70 passou a ajudar pessoas pobres com o dinheiro da vendagem de seus livros, tendo para tanto criado uma fundação.

Movimento espírita

O mais conhecido dos espíritas brasileiros contribuiu para expandir o movimento espírita brasileiro e encorajar os espíritas a revelarem sua adesão à doutrina sistematizada por Allan Kardec. Sua credibilidade serviu de incentivo para que médiuns espíritas e não-espíritas realizassem trabalhos espirituais abertos ao público.

Falecimento

Chico Xavier faleceu aos 92 anos de idade em decorrência de parada cardíaca. Conforme relatos de amigos e parentes próximos, Chico teria pedido a Deus para morrer em um dia em que os brasileiros estariam muito felizes, e que o país estaria em festa, por isso ninguém ficaria triste com seu passamento. O país festejava a conquista da Copa do Mundo de futebol de 2002 no dia de seu falecimento. Chico foi eleito o mineiro do século XX, seguido por Santos Dumont e Jucelino Kubitschek.

Anúncios

12 opiniões sobre “Chico Xavier”

  1. gotei muito sobre o documentário sobre avida de chico chavier só sabia alguns detalhes agora já conheço mais um pouco obrigada pelo esclarecimento que ele estra no coração de todos que o cerca ele descanse em paz no paraiso eterno ao lado do pai adorei rsrsrsrsrsrsr

  2. Acho que Chico Xavier não está descançando é nada, ele sempre abençoou o trabalho. Ele é um trabalhador na seara de Jesus nosso amado mestre e governador.

  3. CONCORDO COM ANGELITA. AONDE COM TANTO TRABALHO PELA FRENTE NOSSO SAUDOSO CHICO XAVIER IRIA ”DORMIR” E/OU TIRAR FÉRIAS. NO MÍNIMO ELE DEVE ESTAR ESTUDANDO E TRABALHANDO, PROCURANDO A MELHOR MANEIRA DE SERVIR COMO ELE SEMPRE SERVIU EM NOME DO NOSSO SUPREMO ARQUITETO E ENGENHEIRO SIDERAL: O SENHOR DEUS E SENHOR JESUS!

  4. Francisco Cândido Xavier foi um grande Homem que sempre buscou o caminho da santificação. A Santíssima Trindade sempre o iluminou. No meu modesto modo de ver, conseguiu o que buscava, isto é, a santificação. FOI UM SANTO. Que o seu Espírito de Luz prepare os nossos caminhos no Plano Espiritual. LOUVADO SEJA DEUS EM NOME DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. José Bolivar Bretas

  5. O POUCO QUE SEI, EU TENHO CERTEZA DE QUE CHICO XAVIER ESTA TRABALHANDO MUITO EM PRO DOS NECESSITADOS ELE NASCEU PARA AJUDAR ,PORTANTO SO PODE ESTAR TRABALHANDO LA NINGEM DESCANSA .WILMA BERTAGNONI DE OLVEIRA

  6. Realmente esse homem era iliminado, quando eu passei a saber quem era chico xavier era muito criança e não tinha noção do que era o espiritismo, hoje como sou médium tenho um esclarecimento, essa semana vi o filme que conta a sua hist´ria confesso que em várias partes me emocionei, vida de devoção e caridade.

  7. Deus abençoe o Xico, é graças a pessoas como ele, Kardec e outros que podemos evoluir e aceitar o Espírito de Verdade como nosso senhor, e assim podermos enternder e ver o quanto Deus é soberanamente Justo e Bom!
    Parabéns pela matéria!

  8. eu tenho uma vontade emensa de conhecer o epiritismo principalmente o chico xavier eu gostaria tanto de ter conhecido o chico xavier ter falado com ele,mas muitas pessoas que eu conheço falaram muito bem dele ,gostaria tanto que ele viesse em meus sonhos me désse um conselho algo que me faça ter vontade de viver que ultimamente estou passando por uma fase só deus e eu que sei eu tenho 26 anose já estou passando por tantas coisas.

  9. E uma pena eu ter me interessado por ele,e pelo espiritismo em geral somente depois de seu falecimento.Gostaria muito que ele estivesse ainda entre nos.Ele deve estar trabalhando pra caramba lá no céu!

  10. olá,eu sou de Pedro Leopoldo e sou medium a pouco tempo.Agora entendo essa importancia.E saber que o “Chico” nasceu aqui é uma honra pra nossa Pedro Leopoldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s