Terreiro Fraco ou Forte?

Saravá meu irmãos!

Coloco aqui um texto muito interessante do JUS – Jornal de Umbanda Sagrada, vale a pena a leitura.

forte-ou-fraco

Anúncios

3 opiniões sobre “Terreiro Fraco ou Forte?”

  1. Interessante sua conotaçao com relaçao ao que se diz, em terreiro fraco ou forte. Porem, por diversas vezes notamos, que mediuns, que nao tem incorporaçao, ou mesmo aproximaçao de um guia espiritual, se passando por um orixa qualquer,permitiundo ouvir lamentos de consulentes como se eles estivessem em incorporaçao, com o astral. dando passes, e até mesmo recomendando trabalhos. O que deixa o consulente com suas duvidas de que, o que foi pedido ao guia, nao foi atendido, Sera que isto tem tambem sentido? Pode um mediun se passar por um orixa, exu, etc. sem que seja percebido por um consulente. ou ate mesmo pelo mentor da casa?
    Seria correto, tambem achar que o mediun pode ter incorporaçao consciente?
    E ainda mais, quando nao se consegue os intento, pode se dizer ainda que a casa é fraca porque os orixas, exus, etc. nao correspondem as solicitaçoes?

    1. Querido irmão Henry,
      Muito bem colocado seus questionamentos.
      Se existi um médium dando consultas que não está incorporado, algo muito errado e grave está acontecendo, o guia chefe da casa é pra esta ciente de tudo que se passa no terreiro e não permitir tal erro.

      Pode um mediun se passar por um orixa, exu, etc. sem que seja percebido por um consulente. ou ate mesmo pelo mentor da casa?
      – O médium pode até enganar os consulentes ou outros médiuns da corrente, mas jamais o mentor da casa.

      Seria correto, tambem achar que o mediun pode ter incorporaçao consciente?
      – Muito correto! e super normal (já te mandei outra resposta com relação a isso)

      E ainda mais, quando nao se consegue os intento, pode se dizer ainda que a casa é fraca porque os orixas, exus, etc. nao correspondem as solicitaçoes?
      – Não, as vezes quando pensamos que algo seja bom pra nossa vida, o mesmo não é bom pra a nossa “evolução”.
      As bênções que recebemos é proviniente do nosso merecimento e não porque “pensamos” que os Guias espirituais são nossos “empregados” e atende a tudo que pedimos.

      Saravá, Carol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s