Canto do Aprendiz

O auto-conhecimento é o primeiro degrau de nossa ascensão espiritual.

Nação Ketu

Posted by Carol Walent em setembro 6, 2008

 

A Nação Ketu

A Importância dos Mitos do Candomblé

O culto dos orixás remonta de muitos séculos, talvez sendo um dos mais antigos cultos religiosos de toda história da humanidade.

O objetivo principal deste culto é o equilíbrio entre o ser humano e a divindade aí chamada de orixá.

A religião de orixá tem por base ensinamentos que são passados de geração a geração de forma oral.

Basicamente este culto está assim organizado:

1º Olorum – Senhor Supremo ou Deus Todo Poderoso
2º Olodumare – Senhor do Destino
3º Orunmilá – Divindade da Sabedoria (Senhor do Oráculo de Ifá)
4º Orixá – Divindade de Comunicação entre Olodumare e os homens, também chamado de elegun, onde a palavra elegun quer dizer “Aquele que pode ser possuído pelo Orixá”
5º Egungun – Espíritos dos Ancestrais

Os mitos são muito importantes no culto dos orixás, pois é através deles que encontramos explicações plausíveis para determinados ritos.

Sem estas estórias, lendas ou itans seria difícil ter respostas a sérios enigmas, como o envolvimento entre a vida do ser humano e do próprio orixá.

O Mito da Criação (Segundo a Tradição Yorubá)

Olodumare enviou Oxalá para que criasse o mundo. A ele foi confiado um saco de areia, uma galinha com 5 (cinco) dedos e um camaleão. A areia deveria ser jogada no oceano e a galinha posta em cima para que ciscasse e fizesse aparecer a terra. Por último, colocaria o camaleão para saber se a terra estava firme.

Oxalá foi avisado para fazer uma oferenda à Exu antes de sair para cumprir sua missão. Por ser um orixá funfun, Oxalá se achava acima de todos e, sendo assim, negligenciou a oferenda à Exu. Descontente, Exu resolveu vingar-se de Oxalá, fazendo-o sentir muita sede. Não tendo outra alternativa, Oxalá furou com seu opasoro o tronco de uma palmeira. Dela escorreu um líquido refrescante que era o vinho de Palma. Com o vinho, ele saciou sua sede, embriagou-se e acabou dormindo.

Olodumare, vendo que Oxalá não havia cumprido a sua tarefa, enviou Odudua para verificar o ocorrido. Ao retornar e avisar que Oxalá estava embriagado, Odudua cumpriu sua tarefa e os outros orixás vieram se reunir a ele, descendo dos céus, graças a uma corrente que ainda se podia ver no Bosque de Olose.

Apesar do erro cometido, uma nova chance foi dada à Oxalá: a honra de criar os homens. Entretanto, incorrigível, embriagou-se novamente e começou a fabricar anões, corcundas, albinos e toda espécie de monstros.

Odudua interveio novamente. Acabou com os monstros gerados por Oxalá e criou homens sadios e vigorosos, que foram insuflados com a vida por Olodumare.

Esta situação provocou uma guerra entre Odudua e Oxalá. O último, Oxalá, foi então derrotado e Odudua tornou-se o primeiro Oba Oni Ifé ou “O primeiro Rei de Ifé”.

Os Orixás e Suas Origens

Quando falamos de orixá, falamos de uma força pura, geradora de uma série de fatores predominantes na vida de uma pessoa e também na natureza.

Mas, como surgiram os orixás? Quais as suas origens?

Quando Olorum, Senhor do Infinito, criou o Universo com o seu ófu-rufú, mimó, ou hálito sagrado, criou junto seres imateriais que povoaram o Universo. Esses seres seriam os orixás que foram dotados de grandes poderes sobre os elementos da natureza. Em verdade, os orixás são emanações vindas de Olorum, com domínio sobre os 4 (quatro) elementos: fogo, água, terra e ar e ainda dominando os reinos vegetal e animal, com representações dos aspectos masculino e feminino, ou seja, para todos os fenômenos e acidentes naturais, existe um orixá regente. Através do processo de constituição física e diante das leis de afinidades, cada ser humano possui 01 (um) ou mais orixá, como protetores de sua vida, a eles sendo destinados formas diversas de culto.

Um outro aspecto a ser analisado sobre a tradição de orixá e sua origem seria a de que alguns orixás seriam, em princípio, ancestrais divinizados que em vida estabeleceram vínculos que lhes garantiam um controle sobre certas forças da natureza, como o trovão, o vento, as águas doces, ou salgadas, ou então, assegurando-lhes a possibilidade de exercer certas atividades como a caça, o trabalho com metais, ou ainda, adquirindo o conhecimento das propriedades das plantas e de sua utilização.

O poder axé do ancestral-orixá teria, após a sua morte, a faculdade de encarnar-se momentaneamente em um de seus descendentes durante um fenômeno de possessão por ele provocada.

A passagem da vida terrestre à condição de orixá aconteceu em momento de paixão como nos mostram as lendas dos orixás.

Xangô, por exemplo, tornou-se orixá em um momento de contrariedade por se sentir abandonado, quando deixou Oyó para retornar à região de Tapá. Somente Oya, sua primeira mulher, o acompanha na fuga e, por sua vez, ela entrou debaixo da terra depois do desaparecimento de Xangô. Suas duas outras mulheres Oxum e Obá tornaram-se rios que tem seus nomes, quando fugiram aterrorizadas pela fumegante cólera do marido.

Como foi relatado, esses antepassados não morreram de forma natural; e sim, sofreram uma transformação nos momentos de crise emocional provocada pela cólera ou outros sentimentos.

A origem é a própria terra. E segundo a tradição yorubá, alguns orixás foram seres humanos possuidores de um axé muito forte e de poderes excepcionais.

Saudações

As saudações são muito importantes, pois é através delas que nós invocamos os orixás.

Assim, vamos traduzir para vocês “As saudações dos Orixás e seus significados”:

Exu Kóbà Láryè Aquele que é muito falante.
Ogum Pàtakorí Exterminador ou cortador de ori ou cabeça.
Oxossi Ará Unse Kòke Ode Guardador do corpo e caçador.
Xangô Kawó-Kábièsilé Venham ver o Rei descer sobre a terra!
Oxum Orà Yè Yé Ofyderímàn Salve mãezinha doce, muito doce!
Yansã ou Oyá Èpàrèi Venha, meu servo!
Omolu e Obaluayê Atótóo Silêncio!
Yemanjá Èru Ìyá Senhora do cavalo marinho.
Oxumarê Arrum Bobo(termo Jeje) Senhor de águas supremas.
Nanã Sálùbá Pantaneira (em alusão aos pântanos de Nanã).
Oxalá Esè Epa Bàbá Você faz, obrigado Pai!
About these ads

66 Respostas to “Nação Ketu”

  1. [...] Candomblé da Nação Ketu [...]

    • vinicius said

      Porque no culto de orixás a muita dança e o significado da palavra candomblé é barraca de dança por isso acontece de muitas pessoas chamaram de candomblé um culto de orixás

  2. caigenam said

    qual a nação que se está falando acima?pois em keto não se cultua exú nem cantiga para exú tem,nem se raspa exú só em angola.

    • carolwalent said

      Olá Caigenam,
      Desculpa, mais quem não tá entendendo do que você esta falando sou eu agora. Como assim na nação Ketu não se cultua Exú? Desculpe-me mais o Ketu que eu conheço tem Exu sim.
      Os Orixás cultuados na nação Ketu são: Exu, Ogum, Oxossi, Logunedé, Xangô, Obaluayê, Oxumaré, Ossaim, Oyá ou Iansã, Oxum, Iemanjá, Nana, Ewa, Oba, Oxalá, Ibeji, Irôco, Ifá ou Orunmila.
      Saravá, Carol

      • Silvia said

        Carol

        vc estah correta, Sr. Caigenam pesquise um pokinho mais. Exu-orixa eh maravilhoso.

      • Existem pessoas que só sabem aquilo que o ensinaram ou apenas aquilo que querem acreditar, e não pesquisem referente a sua propria nação/religião.
        Sou filho de Oxossi, confirmado na nação KETU – ALAGBÊ DE OXUM com muito orgulho a 23 anos e na minha nação/raiz, cultuamos sim o Orixá EXÚ (ele que é o mensageiro ao ORIXÁ), TANTO QUE: “Kóbà Láryè Aquele que é muito falante “

    • Anônimo said

      sua cara exu e mundial ele e chamado legba que quer diser uma maneira de rei ele e dono de todas cabeças seu otario eu tenho 45 anos de axe eo que vc falou estar errado .

    • edilson said

      Na nação de Keto Exu cultuado, E Exu pode ser raspado, eu tenho dois parentes de santo que um é cabeça de Exu. Exu é um dos 16 orixas. E numa roda de candoblé, canta-se primeiro para Exu, que o siginificado de cantar p/ele primeiro é para colocar Exu p/rua p/que ele possa protejer o Axé.

      • Viviane Alves said

        Amigo nos dos Gantoes cultivamos Esu , Mais não raspamos pois quem e do Axê de Ketu sabe muito bem. de sua explicação correta sem humilhar pois somos a unica que não descrimina mais vc que ser o primeiro calma ai.

    • Anônimo said

      sra:caigenam se voce nao entedeu que se raspa ou nao esu ;pelo amor que voce tenha a meu pai oxala vai procurar uma igreja de preferencia a universal

    • Filha de Oxum said

      Bàra ò bèbè tiriri lònàn, esù tiriri bàra ò bèbè tiriri lònàn esù tiriri…
      vai dizer que vc eh da nação ketu e nunca ouviu essa cantiga? Pelo amor de Deus, neh fii? no por incrível que pareça EM TODAS AS RELIGIÕES AFRO, ou seja, EM TODA E QUALQUER NAÇÃO, inclusive na umbanda, Esù está presente, mesmo que não se cultue esù orixá, em todas existe sim o culto à esù!!!! Asé!

    • Carla Oliveira said

      Eu acho que o que ele quis dizer foi sobre exu e pombagira. O que eu aprendi é que nas casas de angola nao tem festa de exu, giras de exu. Eles sao cultuados, assentados, mas n tem gira deles, somente de caboclo. Ja nas casas de ketu, cultua exu/pombagira. No resumo, angola puxa mais pra o lado de caboclo e ketu pra o lado de exu, pra que fique de facil entendimento o meu raciocínio.
      Axé!

    • Carla Oliveira said

      E o fato que nao raspar exu, tem casas (nao sei que nação) que nao raspam pra exu, pois dizem ter uma influencia muito ‘forte’ digamos assim, na vida do individuo. Creio que ele nao compreende a particularidade de culto por casa, por nação ou seja la o que for… nesse pouco tempo meu de pesquisa, uma coisa que aprendi foi que nao se deve criticar a casa alheia pq faz ou deixa de fazer determinada coisa, é claro que depende da ‘coisa’, mas creio que os entendidos do assunto irão me entender. Enfim, é isso que penso.

  3. Anônimo said

    Você tem 45 anos de axé, mas parece não ter aprendido nada, para que usar palavras assim? deve ser ótimo ter uma pessoa como você na casa hein!! Grande abraço Feliz Natal

  4. gilmar said

    Como assim keto não tem Exu??
    Nossa, eu ainda sou abian e meu pai tem 64 anos de orixá raspado, me desculpe mais voc^esta um pouco desenformado sobre certas coisas, não é querendo te desrespeitar, mais tente procurar coisas certas sobre o candomblé e depois sim o senhor podera falar as coisas, se não existisse exu, nãteriamos comunicação entre os orixas, e outra Ogum xoroquê não existiria também, pois pelo oq eu saiba ele é uma “mistura” de exu com ogum. bjs i me desculpem alguma coisa… grandiis abraços!

    • Viviane Alves said

      Você e de que Nação , pois Realmente em Ketu não se raspa Esu, ele so e cultuado. Se seu Pai e Feito de Esu no Ketu e marmota , pois antes de vcs se entregarem a um zelador pergunte qual o seu Axê, sua nação, sua raiz, seus avos , e biza avos, assim vc pode concluir algo de bom p vc.

      • nalva said

        no ketu pricipamente no ketu raspa-se exu. por sinal orixa belismo.axe

      • Anônimo said

        No Ketu CULTUA-SE o orisa Esu, mas não se raspa. Normalmente quando a pessoa é de Esu faz-se Omulu na cabeça.

      • vinicius said

        Quendaaa toda essa confusão … No Ketu hoje em dia não se raspa mais porem antigamente se raspava então vooç tao confundindo toda a bola da vez ..e outra uma casa de asé que tem um filho de esú orisá raspadoo tende a crescer muitos pois ela tendo um filho de santo feito do orisá que abre os caminhos pois se eu estiver errado me corija .então naun adianta discutir isto pois gosto e religião naun se discute

      • ADRIANA DE AZEVEDO BARRETO said

        SÓ NA ANGOLA RASPA EXÚ E OGUM XEROQUE, SÓ NÃO FAZ NEM OBÁ NEM EWA.

  5. vitor cruz said

    TB EU SOU ABIAN E SIM SE CULTIVA EXU, A CERIMONIA AQUI EM PORTUGAL FOI A DUAS SEMANAS ATRAS.
    AXÉ.

  6. Raimundo d ossose said

    Exu é o orixá da comunicação. É o guardião das aldeias, cidades, casas e do axé, das coisas que são feitas e do comportamento humano. A palavra Èsù em yorubá significa “esfera” e, na verdade, Exu é o orixá do movimento.

    Ele é quem deve receber as oferendas em primeiro lugar a fim de assegurar que tudo corra bem e de garantir que sua função de mensageiro entre o Orun e o Aiye, mundo material e espiritual, seja plenamente realizada.

    Na África na época das colonizações, o Exu foi sincretizado erroneamente com o diabo cristão pelos colonizadores, devido ao seu estilo irreverente, brincalhão e a forma como é representado no culto africano, um falo humano ereto, simbolizando a fertilidade.

    Por ser provocador, indecente, astucioso e sensual é comumente confundido com a figura de Satanás, o que é um absurdo dentro da construção teológica yorubá, posto que não está em oposição a Deus, muito menos é considerado uma personificação do Mal.Mesmo porque nesta religião não existem diabos ou mesmo entidades encarregadas única e exclusivamente por coisas ruins como fazem as religiões cristãs, estas pregam que tudo o que acontece de errado é culpa de um único ser que foi expulso, pelo contrário na mitologia yoruba, bem como no candomblé cada uma das entidades (Orixás) tem sua porção positiva e negativa assim como nós mesmos.

    De caráter irascível, ele se satisfaz em provocar disputas e calamidades àquelas pessoas que estão em falta com ele.

    No entanto, como tudo no universo, possui de um modo geral dois lados, ou seja: positivo e negativo. Exu também funciona de forma positiva quando é bem tratado. Daí ser Exu considerado o mais humano dos orixás, pois o seu caráter lembra o do ser humano que é de um modo geral muito mutante em suas ações e atitudes.

    Conta-se na Nigéria que Exu teria sido um dos companheiros de Oduduà quando da sua chegada a Ifé e chamava-se Èsù Obasin. Mais tarde, tornou-se um dos assistentes de Orunmilá e ainda Rei de Ketu, sob o nome de Èsù Alákétú.

    A palavra elegbara significa “aquele que é possuidor do poder (agbará)” e está ligado à figura de Exu.

    Um dos cargos de Exu na Nigéria, mais precisamente em Oyó, é o cargo denominado de Èsù Àkeró ou Àkesán, que significa “chefe de uma missão”, pois este cargo tem como objetivo supervisionar as atividades do mercado do rei.

    Exu praticamente não possui ewós ou quizilas. Aceita quase tudo que lhe oferecem.

    Os yorubás cultuam Exu em um pedaço de pedra porosa chamada Yangi, ou fazem um montículo grotescamente modelado na forma humana com olhos, nariz e boca feita de búzios. Ou ainda representam Exu em uma estatueta enfeitada com fileiras de búzios tendo em suas mãos pequeninas cabaças onde ele, Exu, carrega diversos pós de elementais da terra utilizados de forma bem precisa, em seus trabalhos.

    Exu tem a capacidade de ser o mais sutil e astuto de todos os orixás. E quando as pessoas estão em falta com ele, simplesmente provoca mal entendidos e discussões entre elas e prepara-lhes inúmeras armadilhas. Diz um orìkì que: “Exu é capaz de carregar o óleo que comprou no mercado numa simples peneira sem que este óleo se derrame”.

    E assim é Exu, o orixá que faz: O erro virar acerto e o acerto virar erro.

    Èsù Alákétú possui essa denominação quando Exu, através de uma artimanha, conseguiu ser o Rei da região, tornando-se um dos Reis de Ketu. Sendo que as comunidades dessa nação no Brasil, o reverenciam também com este nome.

    Todos os assentamentos de Exu possuem elementos ligados às suas atividades. Atividades múltiplas que o fazem estar em todos os lugares: a terra, pó, a poeira vinda dos lugares onde ele atuará. Ali estão depositados como elemento de força diante dos pedidos.

    • Viviane Alves said

      Mais não e raspado na nação de Ketu, pois so e cultuado.

    • Paulo said

      Gostaria de saber na realidade se EXÚ roda em cabeça ou não?
      Pois vejo muita gente que se dizem feitas de santo em KETU e ALAKETU, e viram com exús e pombagira (entidades cultuadas em umbanda), e teem a coragem de dizer que estes espiritos são escravos de seu orixá.
      Por favôr me esclareça isto, pois sou confirmado na nação de ketu e pelo menos na minha casa não tem isso, apenas cultuamos com canticos e oferendas (pades, frutas, doces, comidas secas, etc…) sem incorporações, pois aprendi que estas entidades (não desfazendo) que usam diversos e os mais terríveis nomes intitulam-se como exú, um dia tiveram forma humana e nada mais são eguns. Precisamos esclarecer a este povo que candomblé é natureza, é o encanto de cada elemento natural… fazer esta mistura de umbandomblé, seria o mesmo que tentar misturar óleo com agua, impossível…
      Precisamos mostrar ao povo o que é o camdomblé de verdade, e não este culto macabro de exús e pombagira abrasileirado…

      • Sacerdote de Umbanda Adriano D'Ogum said

        Motumbá Paulo,
        Pelo pouco que conheço, digo isso pois minha origem foi Nagô Igbá, porém meu destino foi a Umbanda. São duas condições distintas para EXU na Umbanda e no candomblé. EXU no Candomblé é Orixa, assim como Ogum, Xango e etc, desta forma pode” rodar em cabeça”, sendo cultuado da mesma forma que os demais Orixás e também determinando a paternidade a alguns filhos. Na Umbanda não há o culto ao Orixa EXU, mas sim a Guias de Lei e Guardiões que recebem a denominação por trabalharem da mesma forma energética, como mensageiros e protetores e, sim, muitos já foram encarnados, porém, na umbanda não determinam paternidade aos filhos. Você esta certo, há diferença entre Candomblé e Umbanda, mas é essa diferença que deve nos motivar a conhecer o que praticamos.
        Axé.

      • ADRIANA DE AZEVEDO BARRETO said

        Os
        escravos dos orixás no candomblé se chama Bara.

    • Jaqueline freire said

      Motumbá !

      Sou Ajoie há 1 ano e estou muito feliz pela sua explicação ,tenho uma dificuldade em gravar os xires ,os ebós ,não sei se pela responsabilidade ou pelo amor que tenho pelos ORIXÀS ,assim vivo com medo de errar pois minha Yá é extraordinária ,pela sua experiencia se poder me enviar algumas coisas por email agradeço . jaquee.freire@hotmail.com

      Asé .

  7. Raimundo d ossose said

    Èsù é um Orixá africano, também conhecido como: Exu, Esu, Eshu, Bara, Ibarabo, Legbá, Elegbara, Eleggua, Akésan, Igèlù, Yangí, Ònan, Lállú, Tiriri, Ijèlú. Algumas cidades onde se cultua o Exu são: Ondo, Ilesa, Ijebu, Abeokuta, Ekiti, Lagos.

  8. Anônimo said

    Motumba para todos e que lufã esteja com todos

  9. Anônimo said

    motumba meus irmãos ,as brincadeiras de exu ou a benção de 0xala

  10. Janaina said

    BOA TARDE!
    GOSTARIA DE SABER ALGUMAS HISTORIAS DOS ORIXAS.
    SE ALGUM PUDER ME AJUDAR.
    DESDE JA
    OBRIGADA

  11. Raul said

    Janaina tem esse site, tem bastante coisa boa lá, vale a pena dar uma conferida..

    bjoss

    http://www.guardiadeorixa.com

  12. dinho said

    olá gostaria de saber aonde eu encontro pontos de orixás especificas, cantada uma de cada vez não mesturados; ex: oxossi,so oxossi , nana só nana quem souber por fovor me pase grato vlw.

  13. robert said

    Bom,na casa de vcs esú não pode ser cultuado,mas no ketu esú é cultuado sim e também é raspado.claro que não é todas às qualidades de esú que pode ser raspado.tem duas qualidades:esú-orisá e esú do orisá…prete atenção no que vcs botam no site,se vcs são xoxados…
    Asé!

  14. TONINHO T!BARU said

    Caros irmãos não queiram ser cada um o dono da verdade,cada casa um caso,quando se fala em esu,temos que lembrar bem que sem esu,nós não existiriamos,pois foi ele o primeiro da geração,cada ser, cada planta, cada orisa tem o seu esu,portanto ele está contido em todos,nem mesmo urumila ifá,poderia responder em seus ikins se não pelos caminhos de esu.(PRESTEM BEM ATENÇÃO)Orisas do panteão africano vai de ESU A OSALUFON,Portanto,O ALFA E O OMEGA.ASÉ a todos irmãos……..

  15. saber tudo sobre o cuto afro

  16. ricardo said

    adorei as informacoies sobre a cultura afro- brasileira

  17. denise pedro dos santos said

    Motumbá irmãos. Sou ekedy borizada apenas e gostaria que vcs me ajudassem enviando-me AS ATRIBUIÇÔES DE UMA.EKEDY. Minha nação é Ketu e espero me confirmar no ano que vem e quero estar preparada. Meu e-mail é dedepsantos_@hotaumail.com. Conto com ajuda dos irmãos. Motumbá, Axé.

  18. abrão asterio said

    exu e tudo meu rei , caminhos ,saude, amor, proteção na nação Ketu exu e rei , voce conhece exu alaketu !

  19. Anônimo said

    Bom pelo pouco que eu conheço, eu sei que exu é sim o responsavél pelo movimento, cara orisà tem o seu, e cada pessoa, pelo menos na nação ketu, quando iniciado há de se consultar o oráculo de ifá, para saber se está na hora de assentar
    seu igbá, pois é o mensageiro e responsavel pelo movimento humano. Sendo assim é o orisà que primeiro come, antes dos
    outros orisàs para que assim desempenhe a sua função de levar todas as oferendas e súplicas feitas pelos homens aqui do
    aye. Motumbá a todos

  20. [...] Candomblé da Nação Ketu [...]

  21. Neusa said

    Na minha opinião, sendo de uma nação ou de outra, orixá é orixá e isso é o que importa…
    ainda bem que eles não fazem divisão e nem acepção de pessoas…

    Bjos e Abraços a todos

    • jaque said

      Justo muito justo, o maior erro da humanidade é fazer a distinção entre tudo e estaríamos cometendo os mesmos erros apoiando a intolerância entre nossa própria religião. Aprender é sempre necessário, mas sermos humildes o bastante para admitirmos que estamos aprendendo a todo momento, seja vc feito ou não, isso é que nos leva ao conhecimento. Axé para todos!!!

  22. [...] Candomblé da Nação Ketu [...]

  23. eu gostaria de saber quando um camaleao entra em nossa casa o que acontece? é perigoso sera que foi algum trabalho que fizeraN PARAMIM? ME RESPOMDAM POR FAVOR ESTOU DESESPERADA A MINHA VIDA ESTA DE CABEÇA PARA BAIXO ESTOU FICAMDO MALUCA TENHO 6 FILHOS PARA CRIAR FUI DESPEJADA EU NAO SEI MAIS A QUEM PEDIR AJUDA OBRIGADA……………….

  24. Roberto said

    Axe para todos eu acho que exu e uma divindade muito complequesa pois ele esta em toda parate a todas a horas atodos mometntos e todos segundos so sei deser que exu nao e esse demonio q as pessoas falam sou de oguian mas pra mim exu e meu amigo meu compaeiro meu compadre e quem me da caminho para tudo que eu quero faser sou de Ketu

  25. meu deus , desde quando , em ketu nn raspa exu ? nn cultua exu ? exu e força de tudo , esú e caminho , e a contradição e o certo que vira errado o errado que vira certo , esú e a resposta , e a saida dos aflitos esú e tudo na vida de uma pessoa e de um asé tambem , sou casada com um dofono de esú, como assim , nn se raspa esú ? então quer dizer que e marmotagem do meu marido ? Gente as tem que pesquisar mais aprender mais pra saber, pra depois pode se colacar a qualquer assunto , ainda mais quandoo assunto e religião aonde as opnioes nunca são as mesmas , meu deus fiquei decpionada agora Asé e a todos e que meu Pai Oxalá d~e mais comprienção aos que pouco sabem .

  26. queria saber quem tem coragem de raspar um esu, para de locuras. cada sacerdote tem seus misterios sou filho de exu de branco .kkkkk raspar não e obrigação. isso e muita pt. ninguem morre porque não raspou o santo.
    não ia ter um chines vivo eles não raspa. kkkk
    axe a todos.

  27. geisa said

    boa noite quem fala que Exu n se cultua no Keto esta errado porque n importa que ele é escravo mas ele é o primeiro orixa e que aque abre caminhos.

  28. claudia said

    Exu é orixa se tem vida nos teus olhos é o Exu quem está lá!!!

  29. paulo said

    pena ouvir este tipo de coisa, pois vemos que são poucas pessoas que realmente sabe o que faz na religião, neste caso nação de ketu, Onde já se viu, não fazer exu, esta foi a pior coisa que já ouvi, ssivildesculpem pelo desabafo, porque é inadimissivel, este tipo de comentário, q Oxalá de muita sabedoria a esta criatura, pois precisa urgente.

  30. luis antonio dos santos said

    gostei muito sobri essa esplicaçao, mi ajudou muito a emtender o culto a orisa

  31. Jaqueline freire said

    Motumbá á todos ,Sinto uma infelicidade de ver nossos irmãos se degladiarem por tão pouco ,muitas vezes falamos o que aprendemos e o que deixamos de aprender por se entregar verdadeiramente ao ÖRIXÀ ,temos que unir nossas forças e sermos mais tolerantes em relação aos nossos irmãos .Procuremos compreender para que em uma falha sermos compreendidos ,vamos nos ajudar ao invês de apedrejar ,viveremos e veremos muitas coisas que não condiz com a realidade ,mas seremos serenos e paciêntes assim que reje nossa religião ,amor ao próximo ,caridade ,humildade e união .

    Olorumdupê .

  32. nao existe candomblé sem exu independente de qualquer nação! olorun kolofé axé para todos!
    PAI ROGÉRIO DE OBÁ AYRÁ YGBONÃ

  33. patricia figueiras said

    Motumbá!!
    gostaria de saber se existe alguma lenda que osun e yemonja tem alguma desavença!!!!
    Desde já agradeço !!!

  34. Lazaro Anthony said

    Pelo oque eu estou percebendo,esta acontecendo uma confusão entre Exu Orixsá(divindade)…E os polupares catíços, como são conhecidos(Tranca ruas,Exu caveira,Maria Padilha e etc…) Apesar de eu não os considerar catiços…Pois eles são maravilhosos… Oque eu aprendi,é que Ketu raspa Exu Orisá sim… E os catiços são cultuados e encorporam em seus médiuns na maioria das casas de ketu…E alguns catiços tbm são assentados,se tornando escravos direto do Orisá do determinado filho..

  35. Lazaro Anthony said

    E finalizando meu ciomentário…
    Gente!!!Cada casa tem o seu asé,os sus fundamentos,e o seu modo de cultuar…
    Ninguém esta certo e nem errado,olhando pela visão que a pessoa pode estar afirmando aquilo que lhe foi ensinado… Motumbá!!!
    Que meu pai Oxossi ilumine todos vcs….

  36. Anônimo said

    Caraca vim procurar orientação sobre a religião e só vi bate boca e contradições.
    Triste, pois temos que tentar viver em armonia principalmente se tratando de religião,passar paz, tranquilidade.
    Como diz o Lazaro concordo com ele ninguém está certo e nem errado.

  37. Adriana said

    Anônimo, não percebi nenhuma discussão apenas pontos de vistas divergentes dobre um mesmo assunto se voc^pretende maior esclarecimento sugiro, que procure uma casa da qual seu ideal se encaixe. Axé pra você.

  38. Nadson jesus de oliveira said

    Em angola não se raspa exu. E ogum xoroque so e cultuado em jeje

  39. jane said

    Os grandes pensam, os pequenos discutem.

  40. Anônimo said

    oi estou a um ano

  41. Nunes said

    Vim aqui para aprender a respeitar e cultuar exus e orixás, axé.

  42. Carla Ramos said

    Frequento uma casa que é Ketu. Fiz um jogo de búzios e a mãe de santo disse q sou Ekede. É correto fazer o assentamento da pomba gira (Maria Padilha). Me disseram q seria Bara. Alguem pode responder?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 796 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: